O Nevoeiro,The Mist

Stephen King e conhecido pelos seus clássicos de Terror e ficção,como It a coisa ,O iluminado e Sob a Redoma.As obra dividem opiniões de fãs do mundo todo,alguns amam e outros odeiam,mais no fim e normal,experiencia de cada pessoa,então resolvi  fala a minha humilde opinião sobre a serie, que estreou no dia 22 de junho de 2017.



The Mist (O Nevoeiro) e um Conto escrito pelo Stephen King, que fez muito sucesso com o livro, e também com o filme, e agora em 2017 com a serie,que esta disponível na Netflix.


Na cidade de  Bridgton  no  estado de Maine,depois de uma Terrível  tempestade ,Morgan Spector que interpreta o personagem (Kevin copeland) acaba tendo uma discussão com sua esposa  Eve Copeland  (Alysa Sutherland),Eve resolve fazer uma viagem com a sua filha  Nathalie Raven que foi abusada sexualmente. Para esquecer de tudo que tinha acontecido.Jay Heisel  ( Luke Cosgrove ) torna-se o principal suspeito do crime. 

Durante a saída da Cidade Eve copeland e sua filha Nathalie resolvem parar em um Shopping,e nesse momento que o Nevoeiro se espalha pela a cidade de Bridgton,e traz um grande derramamento de sangue,durante o nevoeiro Kevin copeland luta para encontra a sua esposa Eve e sua filha Nathalie,que estão presas no shopping. 



 O foco principal não e o nevoeiro e sim os conflitos internos entre os personagens que funciona da mesma forma que fizeram com TWD.


A serie também bate na tecla sobre homossexualismo que sim ele esta inserido na nossa sociedade, e nos  mostra os conflitos de um personagem que se considera Hétero mais não consegue aceita sua atração por um personagem que e gay e que ele tanto desprezou durante sua vida,então vai rolar sim um romance durante a 1 temporada da serie.



A serie contem apenas uma temporada na Netflix, com 10 Episódios com duração de  40 minutos,A 2 temporada ainda e alvo de duvidas devido a sua audiência não ter o  resultado esperado.



SPOILER !

A unica coisa que me incomodou muito na serie, e que  achei muito  Tosco foi o nevoeiro se transformar,em um monstro achei muito infantil, muito fantasioso, tenho o mesmo problema com Sob a redoma.



Share:

0 comentários

deixe seu comentário aqui